Algar & Tesa MVNO – primeira entrega Bichara/Capernow

Postado em mai 30, 2012 no MVNOs, Notícias

 

Algar Telecom e Tesa Telecom firmam acordo para teste piloto de operação MVNO. Anúncio foi feito hoje durante o MVNO Summit, com demonstração do projeto piloto em funcionamento.

A Tesa Telecom, empresa com atuação no mercado corporativo, acaba de anunciar o projeto piloto de MVNO, que terá foco na entrega de serviços quadri-play em todo o território nacional.  Inicialmente, os testes envolvem serviços machine-to-machine (M2M) e numa segunda etapa, entram os serviços de voz. A Tesa pretende oferecer estes serviços  para sua base de clientes corporativos, como parte da estratégia de expansão da oferta por meio de um conjunto de serviços de valor agregado.

O projeto conta com a participação da Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar, como MNO (Mobile Network Operator) e Transtelco, como MVNE (Mobile Virtual Network Enabler), que também conta com a plataforma de billing da Capernow, e soluções da camada de Telecom da Bichara e O3 Tecnologia.

Detentora de outorgas de SCM (Serviço de Comunicação Multimídia) e STFC (Serviço Telefônico Fixo Comutado), com foco no segmento corporativo, a Tesa é uma das principais operadoras de telecomunicações do mercado nacional e a principal fornecedora de serviços IP do país, tendo em sua carteira  empresas de médio e grande porte,  atuando também na gestão de telecom e infraestrutura  de empreendimentos comerciais, hotéis e centros de convenções . Com a sua MVNO a empresa pretende ampliar seu mercado a partir da oferta de serviços quadri-play e ofertar soluções machine-to-machine especializadas.

Roberto Miranda, presidente da Tesa Telecom, comenta que todos os desafios para colocar em atividade o primeiro piloto de uma MVNO no Brasil foram superados graças ao envolvimento dos parceiros tecnológicos. “Foi um projeto que nasceu da nossa visão de mercado, que sente a necessidade da entrega de serviços de melhor qualidade e convergentes. Como operadora virtual, a Tesa terá seu portfolio de serviços ampliado qualitativamente e o nosso comprometimento é garantir o melhor atendimento a nossos clientes.”, declara o executivo.

Osvaldo Carrijo, diretor de Varejo da Algar Telecom, detentora da marca CTBC, comenta que o sucesso da parceria foi a estratégia clara da MVNO e a implantação convincente por parte da MVNE  aliado à flexibilidade e agilidade da Algar. Carrijo acredita  no  modelo machine-to-machine e espera que o processo de outorga na Agência transcorra no menor prazo possível, de forma a viabilizar comercialmente o modelo de voz.

Rodrigo Vian, diretor da Transtelco, que atua como MVNE no projeto, comenta que os prazos foram todos cumpridos e que os nossos 100 primeiros sim cards do projeto piloto já estão funcionando, registrados no nosso HLR e sendo bilhetados pela nossa platafoma.    “A velocidade, bem como a qualidade da rede da Algar Telecom e seus acordos de roaming são fundamentais  para garantir a entrega dos serviços de dados, enquanto que a Capernow fornece a plataforma de billing, que garante cross disconting,  billing de multi serviços com ferramentas de suporte integradas para viabilizar o melhor atendimento para o cliente final. Já a Bichara e a O3 Tecnologia, fornecedoras de toda camada de telecom, garantem flexibilidade e velocidade de configurações, itens fundamentais para operação MVNO no Brasil. A parceria dessas empresas possibilitou fornecermos toda a solução integrada e agora testada e funcionado em modelo “as a service” na Tesa Telecom, o que financeiramente  facilitou a aprovação do projeto MVNO ”, afirma o executivo.